Ministério dos Esportes autoriza recursos para projetos do Grêmio Recreativo Pague Menos

Ministério dos Esportes autoriza recursos para projetos do Grêmio Recreativo Pague Menos

Por Juçara Araújo

Com base na Lei nº 11.438, de 29 de dezembro de 2006, que trata dos incentivos e benefícios para fomentar as atividades de caráter desportivo, o Grêmio Recreativo Pague Menos apresentou ao Governo Federal, os projetos de futsal e futebol objetivando a captação de recursos financeiros para melhorar as atividades nessas modalidades. O Ministério dos Esportes analisou e aprovou os projetos, autorizando recursos no valor de R$ 753.289,81 destinados ao futsal; e R$ 786.032,54 para o futebol, um total para ser trabalhado durante um período de 13 meses.

A deliberação foi publicada no Diário Oficial da União, no dia 28 de setembro de 2018, e, desde então, iniciou-se o período de captação dos valores junto a empresas, para patrocínio das atividades esportivas, cujos investimentos poderão ser descontados no imposto de renda.

Esta deliberação representa o crescimento do Grêmio Recreativo Pague Menos e das modalidades nele trabalhadas. Para Sávyo Santos, diretor administrativo do clube, “esse incentivo ao esporte é uma tentativa de perpetuação das nossas modalidades, a independência dos projetos, e é uma forma de dar um retorno à sociedade, fazendo com que as nossas atividades não sejam meramente um passatempo, mas tragam melhorias na qualidade de vida, socialização e redução da criminalidade. Esse é um sonho realizado. Sempre foi um objetivo crescer e aparecer e ao longo desses oito anos temos conseguido alcançar”, disse.

A agremiação foi fundada no dia 1º de novembro de 2011, porém os trabalhos com futebol já vinham sendo realizados desde 2010, antes mesmo da fundação, envolvendo diversos funcionários em competições do comércio. Hoje, o clube trabalha com as categorias de base sub-15 e sub-20 e ano que vem vai incluir as categorias sub-13 e sub-17.

O projeto de futsal iniciou em 2014, com o time adulto masculino, disputando o Campeonato Estadual, e atualmente trabalha todas as categorias da modalidade, sub-9, 11, 13, 15, 17 e sub-20, bem como o adulto. Além desses, o clube tem time de futebol sete (Fut7), que é destaque no ranking nacional, e para o próximo ano, a diretoria pretende também inserir o futsal feminino, futsal máster e handebol feminino.

Deixe um comentário

(required)

(required)